Profissional do futuro: como vai ser o trabalho em alguns anos?

Published by Somali Almiron on

profissional do futuro

Com as novas tendências da era digital que estamos vivendo atualmente, o mercado de trabalho também está mudando. As empresas estão evoluindo muito rápido, através da automatização de seus processos,  o uso de grande quantidades de dados e estatística para tomada decisões e da indústria 4.0. Também estão surgindo novos formatos de empresas, mais ágeis e mais focadas no resultado final, como as startups, que crescem de forma exponencial em poucos meses de atuação. E tudo isso não poderia deixar de afetar o profissional que trabalha nestas empresas, surgindo, desta forma, o conceito de profissional do futuro.

Este profissional deverá estar atualizado e pronto para enfrentar os desafios desta nova forma de trabalhar. Quer saber o que muda neste profissional e como se preparar para o mercado de trabalho dos próximos anos? Então continue sua leitura e sabia tudo sobre isso!

O que é o profissional do futuro?

O profissional do futuro é um novo conceito que descreve as pessoas que ocuparão os cargos nas empresas nos próximos anos. Estas pessoas precisarão ter habilidades que antes não eram exigidas nos processos seletivos, pois as empresas estão mudando e quem não se adaptar às novas exigências poderá ter dificuldade de ocupar bons cargos em grandes corporações. Vejamos agora quais são as características deste novo profissional.

Principais características do profissional do futuro

Flexibilidade

No nova forma de se trabalhar, é necessário que haja muita flexibilidade por parte dos funcionários. Pois, com o grande números de informações mudando o tempo todo, não há espaço para processos demorados e que não se atualizam. No futuro as tomadas de decisões serão muito rápidas, assim como mudarão de forma abrupta também. Portanto, é preciso que o novo profissional saiba lidar com mudanças repentinas e se adaptar constantemente aos novos cenários.

Autoaprendizagem

Com a rapidez e agilidade que as coisas estão mudando e com o número de demandas sempre em alta, não há muito tempo para que a empresa possa ficar debruçada em cima do colaborador ensinando-lhe o que ele precisa saber. Portanto, as empresas buscam profissionais que aprendam bem sozinhos, dispensando longos processos de onboarding e demasiado tempo de treinamento aos novos integrantes dos times.

Inteligência Emocional

Outra habilidade que as empresas não abrem mão é que o funcionário tenha inteligência emocional e saiba lidar bem com situações desafiadoras, sem deixar que os sentimentos tomem conta e atrapalhem nas atuações. Também é necessário que este profissional saiba trabalhar bem sob pressão e com prazos curtos.

Trabalho em equipe

Assim como a inteligência emocional, saber trabalhar em equipe é indispensável para o profissional do futuro. Ainda mais que as empresas estão com uma tendência de escritórios abertos e compartilhados, o que estimula o contato frequente entre integrantes de diferentes times. Portanto, é preciso saber conviver em harmonia nos ambientes com diversos tipos de pessoas e personalidades.

Criatividade para o profissional do futuro

Um habilidade também muito requisitada pelo novo profissional é a criatividade. Pois, em um mundo onde o acesso à informação está cada vez mais fácil, fazer diferente é o que faz a empresa se destacar entre as concorrentes. Por isso, a criatividade é essencial em um profissional do futuro.

Criticidade

Faz parte de um bom desempenho para o profissional do futuro não ser só mais um entre a multidão, por isso é necessário que ele seja um indivíduo crítico. Pois um profissional que não possui capacidade crítica, não consegue identificar os momentos certos para tomada de decisões

Conhecimento Técnico

Os conhecimentos técnicos já eram competências necessárias no profissional tradicional, agora, para o profissional do futuro eles são indispensáveis. É preciso dominar os conteúdos técnicos para ter alguma chance nos processos seletivos.

Inteligência Cognitiva

Outra habilidade que sempre foi bem requisitada desde sempre é a inteligência cognitiva. Ela é essencial para qualquer ramo de atividade, pois ela é a junção de outras várias competências. E, quando aliada à um raciocínio lógico e ao pensamento rápido, se torna indispensável para o novo profissional.

Como se preparar para ser o profissional do futuro?

Você percebeu que as habilidades requeridas para o profissional do futuro vão muito além de habilidades técnicas? Para ser um profissional do futuro você precisa primeiramente ser um bom ser humano. Na contramão da tendência das pessoas, que estão cada vez mais alheias umas às outras e mais impessoais, o profissional requerido pelo mercado do trabalho precisa estar cada vez mais atento aos demais e ao desenvolvimento de qualidades que o tornam mais humano e mais empático.

Por isso, para se tornar um profissional do futuro basta que você se dedique a ser uma pessoa mais presente e mais consciente, se preocupando em ser cada dia melhor. Além, claro, de se desafiar constantemente e desenvolver as habilidades técnicas que as vagas destinadas à sua área de atuação exigem.